quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

SALA DE ESPERA























Gente bonita ! feia por dentro,
Gente feia ! bonita por dentro,
O branco trazendo alívio,
Na  dor negra da tristeza,
 passos lentos,
apoio sobre humano
outros apressados demais,
Gente experientes,
crianças inocentes,
 vidas acabando,
 outras começando,
 No rostos estampados,
 os mesmos objetivos,
A esperança que tudo vai dar certo...

                                        Geuza Mariah

Um comentário:

  1. Parabéns pelo profundo e reflexivo
    conteúdo do poema! Beijão;)

    ResponderExcluir